Clássico dos Milhões: Rivais sempre, inimigos nunca!

As maiores torcidas do Rio de Janeiro se encontram neste domingo, no Engenhão, às 18hs30m. Seja de metrô, de ônibus, de carro ou a pé, elas vão em conjunto, já zoando uma com a outra, como é em todo clássico carioca. Porém o Clássico dos Milhões é um campeonato a parte!
Um Flamengo x Vasco sempre conta muita história, seja de drama ou de pura alegria (tudo depende do que acontece em campo). Foi num Flamengo e Vasco que as duas torcidas, eternas rivais, cantaram juntas em homenagem ao ídolo brasileiro Aírton Senna, em 1994. Foi numa final de campeonato carioca que Mazzaropi fez o gol do título e foi expulso em menos de cinco minutos em campo. Foi em outra final de carioca que um sérvio, chamado Petkovic, descobriu o que é se tornar um ídolo rubro-negro. Foi numa final de Copa do Brasil em que um baiano, chamado Obina, virou xodó de uma grande nação. Foi numa fase semi-final de campeonato brasileiro em que Edmundo, apelidado de “Animal”, rebolou ao comemorar o 3º gol marcado contra o adversário.
Sempre Flamengo e Vasco, um clássico que arrasta multidões a espera de espetáculo, seja qual for a fase de seu time ou do adversário. Somente Flamengo e Vasco, em clássicos estaduais, pôde ser visto os dois maiores ídolos de suas histórias se enfrentando em campo, sempre com respeito, mas nunca sem garra. Zico e Roberto Dinamite fizeram grandes duelos, que ainda povoa a mente de muitos torcedores. Nunca Flamengo e Vasco, mesmo nas eras Edmundo Santos Silva e Eurico Miranda, foram inimigos, por mais que eles tentassem passar isso para a torcida, sempre foram rivais, como Zico e Dinamite sempre transpareceram. A rivalidade das duas nações nunca se transformou em guerra, como sempre fora evidenciado na antiga Geral do Maracanã, pois sabemos, que mesmo por trás das brincadeiras e da marra carioca de suas torcidas, todos são colegas, de rua, de serviço, de ônibus, de praia, etc. A rivalidade  mais forte (onde a cidade, e por que não o país, se preparam e param para ver) que antecede a semana do clássico e transcende a semana seguinte ao clássico, antes e após isso é apenas a brincadeira do dia-a-dia, a zoação de amigos.

Colegas (de serviço, de bar, de dia-a-dia) no período do clássico se tornam rivais, mas depois disso voltam a ser colegas. A grande rivalidade, que fica em campo e somente em campo, são de duas nações, que cantam, empurram, incentivam, tudo isso para que no dia após o clássico possa zoar o colega ao lado. E neste fim de semana (dia 24 de Outubro de 2010) não será diferente, mesmo sendo disputado no Engenhão, Flamengo e Vasco estarão escrevendo a história para suas fanáticas torcidas, gravando em seus corações mais um Clássico dos Milhões.
Rivais sempre, inimigos nunca!
Anúncios

About @VMoizinho

By definition: Geek, arrogant, pretentious, selfish, annoying, non-social, tease, and in the opinion of many, gone... ...Apart from very humble, of course. 8-)

3 responses to “Clássico dos Milhões: Rivais sempre, inimigos nunca!”

  1. Anonymous says :

    Belo tópico Zeca,Será um grande jogo para o Flamengo.Cecello

  2. Stephanie Bussi says :

    Certamente Zeca, esse é um clássico que se caracteriza pela rivalidade tranquila, uma rivalidade boa de bares, de amigos.Seu post me tranquiliza o espírito. Muito bom isso. Difícil de encontrar.Parabéns pelo espírito de jogo!Abraçãoe e cumprimentos@SBussi2

  3. Luã C.R.F says :

    Isso mesmo Zeca, parabéns pelo texto! Pode falar o que for, eu nem tenho raiva do Vasco, pois não faz mal a ninguém mesmo! Ta sempre quietinho na dele, sem mexer com ninguem! rsrs Mengão 3 x 0

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: